10 Coisas que você precisa saber sobre Lex Luthor

Alexander Joseph Luthor (“Lex” Luthor) é um personagem das histórias em quadrinhos da DC Comics. É o arqui-inimigo do Superman, mas também já entrou em conflito com o Batman e outros super-heróis. Tem como meta principal matar o Superman, que é o principal obstáculo aos seus objetivos megalomaníacos. Não tem superpoderes ou identidade secreta.

Luthor aparece normalmente nas HQs e outras mídias como um magnata careca, rico e com grande poder corporativo. No entanto, em sua origem, ele era um cientista louco que causava estragos no mundo com seu armamento futurista. Na infância era amigo de Superman e, de acordo com um dos autores, Jerry Siegel, Luthor perdeu seus cabelos em incêndio, após explodir seu laboratório.

Nos últimos anos, inúmeros autores reviveram a personalidade de cientista louco de Luthor da década de 1940. O personagem ficou em 4º na lista dos 100 Maiores Vilões de Histórias em Quadrinhos de Todos os Tempos da IGN e como o 8º maior vilão pela Wizard de sua lista dos 100 Maiores Vilões de Todos os Tempos.

Veja agora 10 CURIOSIDADES que você PRECISA SABER sobre Lex Luthor, um empresário tão influente e poderoso que não chegaria a esse posto sem uma série de segredos. Aí vão:

10 Coisas que você precisa saber sobre Lex Luthor

Origem Confusa: O arqui-inimigo do Superman estreou em Action Comics 23, em 1940. Mas, devido a mudanças cronológicas da DC, ficou estabelecido que a versão Alexei Luthor pertence à Terra-2, assim como todos os heróis criados antes de 1960.
O Luthor da Terra-1, o Alexis Luthor, surgiu em Action Comics 199, em 1954. Ambos eram vilões que tiveram seus planos de dominação do mundo arruinados pelo Homem de Aço.

O Luthor que conhecemos: Essa versão final de Luthor, em que seu nome foi mudado para Alexander Joseph Luthor, surgiu após a saga Crise nas Infinitas Terras, na minissérie The Man of Steel, de John Byrne. Nela Lex é um empresário inescrupuloso e influente, vendo seus planos fadados ao fracasso após Superman se tornar o novo herói de Metrópolis.

 Deserdado pelo pai: Diferente de Clark Kent, que foi criado em uma família amorosa, Lex teve pais ausentes e ambiciosos, fato que definiu seu caráter orgulhoso. Porém, controversamente, uma HQ publicada em Superman 292 (1975) revelou que os pais de Luthor eram pessoas decentes, que ficaram envergonhados pelo comportamento do filho e o deserdaram. Seus pais morreram em um acidente de carro supostamente armado por Lex. Na versão pós-Crise, Arlene era uma alcoólatra violenta com o filho, enquanto seu pai Lionel era um empresário sem caráter preocupado somente com sua riqueza.

 Amigos até o fio de cabelo: Fãs reclamaram quando a série Smallville (2001-2010) explorou a amizade entre Clark e Lex. Mas, nas HQs eles iniciam como amigos. A rivalidade começa quando Lex, ao tentar encontrar uma cura para a fraqueza do Superman perante à kryptonita, explode o seu laboratório; o herói tenta apagar o incêndio com seu superssopro, jogando alguns produtos químicos no cabelo de Luthor, deixando-o careca. Com isso, o vilão quer se vingar do herói.

 Luthor O  Caveira Verde: Em 1997, Marvel e DC se uniram para criar diversos crossovers e um selo conjunto nomeado de Amalgam Comics, no qual os personagens de ambas as editoras foram acoplados em um só. Então, o Superman se fundiu ao Capitão América, dando origem ao Super Soldado. A junção de Luthor com o Caveira Vermelha resultou no Caveira Verde. Esse vilão era um empresário desonesto que apoiou o partido nazista na recuperação do seu poder para vencer a guerra. Ele utilizou um soro de kryptonita, para estacionar seu envelhecimento, mas acabou uma aparência verde bizarra.

Um Luthor de muitas faces: Luthor já foi interpretado por oito atores no cinema e na TV. O primeiro foi Lyle Talbot, na matinê Superman vs. O Homem Atômico (1950), depois Gene Hackman (Superman, o Filme, 1978); Scott Wells e Sherman Howard (Superboy, 1988), John Shea (Lois & Clark, 1993), Michael Rosenbaum (Smallville, 2001), Kevin Spacey (Superman, o Retorno, 2006) e, por fim, Jesse Eisenberg (Batman v Superman: A Origem da Justiça, 2016). Em Smallville, como Lex foi mostrado em épocas diferentes de sua vida, vários outros atores secundários o interpretaram.

 A torre de Lex Luthor: Há alguns lugares pelo mundo que homenageiam personagens da DC: o parque temático Six Flags Magic Mountain, na Califórnia-EUA, tem atrações inspiradas nos personagens; a torre Drop of Doom é dedicada a Lex Luthor e é recordista mundial neste brinquedo (400 pés de altura, equivalente a um prédio de 60 andares); essa torre pertence à estrutura já existente “Superman: a Fuga de Krypton”, com uma vista do topo do brinquedo de perder os cabelos – ops, mals pelo trocadilho.

 Bigodes e Polêmica: Gene Hackman, ao ser contratado para interpretar Luthor, se recusou a tirar o bigode que cultivava com carinho rs.. Para convencê-lo, o diretor Richard Donner disse que arrancaria o próprio bigode, se Gene tirasse o dele. Quando Gene tirou, o diretor puxou seu bigode falso rs… polêmico!

 O câncer: Por mexer constantemente com a kryptonita, Lex desenvolveu um câncer. Como consequência dessa doença, teve sua mão amputada, o que o levou a forjar sua morte num acidente de avião. Porém, na verdade, ele fugiu para um laboratório na Austrália, onde teve seu cérebro transplantado para um clone saudável. Com um corpo mais jovem e uma cabeleira ruiva, Luthor voltou a Metrópolis fingindo ser seu próprio filho, usando dessa nova identidade para continuar atormentado o Superman.

 Luthor para Presidente: Lex já foi eleito presidente dos Estados Unidos, ganhando por prometer avanços no campo da tecnologia. E mesmo com sua marcante característica de vilão, ele conseguiu trazer várias melhoras para a nação.
Porém, após vários problemas, ele sofreu o processo de impeachment, deixando a presidência e os cargos políticos para sempre.

Sua jornada política teve início no final do ano de 2000, com a publicação do especial Lex 2000, que lançou o personagem como candidato à eleição presidencial dos Estados Unidos de 2000 e se estendeu até 2004, com a conclusão do arco de história “Os Melhores do Mundo”.